500 vagas para aprender a ser Microempreendedor Individual

Estão abertas as inscrições para o curso de capacitação voltado para pessoas que tenham interesse em se tornar um Microempreendedor Individual (MEI).

Portugal United regressa ao Brasil para promover o país em cinco cidades
68 terrenos em Anchieta serão leiloados nesta quarta-feira (20)
Especialidade de Cuidados Paliativos está presente em apenas 10% dos hospitais no Brasil

Estão abertas as inscrições para o curso de capacitação voltado para pessoas que tenham interesse em se tornar um Microempreendedor Individual (MEI). São ofertadas 500 vagas destinadas aos beneficiários do programa Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família), que tenham mais de 18 anos.

A capacitação terá duração de 160 horas e incluirá os seguintes módulos: Microempreendedor Individual e formalização; gestão financeira; mercado financeiro e acesso ao crédito; propaganda e marketing; melhoria de produtos e serviços; competências socioemocionais e empreendedorismo.

Além do curso ser gratuito, os participantes receberão auxílio-transporte e alimentação durante o período das aulas.  As inscrições podem ser feitas nas Secretarias de Direitos Humanos (Sedir) e de Políticas Públicas para Mulheres (Seppom), em Serra Sede, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

Os interessados devem apresentar CPF; cópia do número da conta bancária; comprovante de residência; histórico escolar ou declaração de conclusão do Ensino Fundamental. As oportunidades se encerram no dia 28 de fevereiro.

O curso é realizado pelo Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), em parceria com a Prefeitura da Serra, por meio do programa Agenda Mulher.

A titular da Sedir e Seppom, Gracimeri Gaviorno, explica que parceria da Prefeitura da Serra com o Governo do Estado e com o Ifes tem por objetivo cumprir o compromisso firmado com a ONU em fevereiro deste ano, para implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, especialmente o ODS1, ODS5 e ODS8, relacionados, respectivamente, à erradicação da pobreza, à promoção da igualdade de gênero e do crescimento econômico inclusivo, alinhados ao plano de governo orientado para fazer do Município da Serra uma cidade criativa, humana, inteligente e sustentável.

“Nosso trabalho é para que as pessoas mais vulneráveis possam sair da linha da pobreza para alcançar dignidade e inclusão produtiva, podendo implementar seu próprio negócio e até gerar emprego e renda para outras pessoas”, afirma Gracimeri.

Comentários

WordPress 0
DISQUS: 0
Justified Image Grid Plugin