Campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres” é iniciada na Serra

Campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres” é iniciada na Serra

Uma mobilização mundial que ocorre em mais de 160 países vai ser iniciada na Serra! É a campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as

Vitória da Saúde
Aprenda a fazer antepasto de abobrinha para saborear com torradas
Líder Empresarial, Santo Biazutti conta trajetória e metas para o futuro

Uma mobilização mundial que ocorre em mais de 160 países vai ser iniciada na Serra! É a campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra as mulheres”, que vai ser realizada pela Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (Seppom).

A programação acontece com uma gama de atividades. A mobilização começa dia 25 quando representantes da Seppom irão divulgar o selo Conta Comigo durante um encontro de posse de três Conselhos fundamentais para implementação das políticas de crescimento econômico e diminuição da desigualdade no município, junto à Sedec. O selo é concedido a empresas que empregam mulheres que sofreram violência doméstica.

Entre as atividades  dos 16 dias, haverá uma palestra, no dia 30, para debater questões relativas às mulheres lésbicas, bissexuais e transexuais (LBT). As atividades seguem até dia 10 de dezembro quando acontece um evento para chamar a atenção sobre o Dia Internacional dos Direitos Humanos.

A Campanha

Os 16 Dias de Ativismo começaram em 1991, quando mulheres de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (CWGL), iniciaram uma campanha com o objetivo de promover o debate e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres no mundo.

A data é uma homenagem às irmãs Pátria, Minerva e Maria Teresa, conhecidas como Las Mariposas, assassinadas em 1961 por integrarem a oposição ao regime do ditador Rafael Trujillo, na República Dominicana.

Comentários

WordPress 0
DISQUS: 0
Justified Image Grid Plugin