Com ou sem crise, uma má gestão pode quebrar empresa

Com ou sem crise, uma má gestão pode quebrar empresa

A pandemia assim como outras crises afetam gravemente a saúde de uma empresa. “Contudo, uma má gestão é o fator que mais contribui para que, de fato, um negócio feche as portas”. É o que afirma a Administradora especialista no fomento às políticas públicas voltadas para as micro e pequenas empresas, Fabrine Schwanz.

De acordo com ela, a gestão empresarial consiste em um conjunto de ações e estratégias com objetivo de subsidiar os empresários no processo decisório e na potencialização dos resultados. “Com uma gestão profissional é possível antever os riscos do negócio, traçando estratégias para a superação dos desafios, aumentando a resiliência dos negócios diante de períodos turbulentos”, explicou.

Segundo a pesquisa “Causa Mortis” promovida pelo Sebrae, que avalia as principais causas de sucesso e fracasso das empresas em seus primeiros cinco anos de vida, a falta de planejamento prévio, de gestão empresarial e de comportamento empreendedor são os principais fatores que contribuem para o fechamento das empresas. Foi identificado que para 72% das empresas que permanecem em atividade, o gestor possuía experiência prévia ou conhecimentos no ramo de atividade.

E o que fazer para aprimorar a gestão e reduzir o risco dos pequenos negócios fecharem as portas? É importante buscar ajuda especializada: consultores ou empresas habilitadas pelo conselho, que apoiem a empresa atuando desde a elaboração de um plano de negócios que contribua efetivamente para seu sucesso, até o apoio no fornecimento de ferramentas de gestão, que auxiliem o empreendedor na tomada de decisões e na condução da empresa.

“A princípio o empreendedor pode achar que dá conta sozinho, que é um gasto desnecessário. Mas diante da complexidade da situação ou falta de preparo do empreendedor, contar com ajuda especializada pode ser definitivo para o sucesso ou insucesso de seu negócio, ficando claro o quanto é um investimento”, apontou a Fabrine Schwanz, também conselheira no Conselho Regional de Administração do Espírito Santo (CRA-ES).

Comentários

Justified Image Grid Plugin