Dia Mundial da Educação Ambiental acende alerta sobre futuro do planeta

De acordo com pesquisa divulgada pela Unifesp em 2021, a educação ambiental, quando incentivada desde a infância, promove a formação de cidadãos ambie

Sucessão familiar deve começar na infância
Carnaval de Vitória 2022 – Camarote Vix, mais tradicional do Sambão vem repleto de novidades
Em reunião com ministro da Saúde, senadora Rose cobra kit intubação e defende estratégia para vacinar jovens no combate à pandemia

De acordo com pesquisa divulgada pela Unifesp em 2021, a educação ambiental, quando incentivada desde a infância, promove a formação de cidadãos ambientalmente conscientes, o que, segundo especialistas, é essencial para a garantia de um futuro do planeta. Em Cariacica, Programa Ciranda do Saber incentiva crianças e adolescentes a atitudes sustentáveis

Para chamar atenção para o assunto e acender um alerta sobre a necessidade de proteger o meio ambiente, por meio da educação, 26 de janeiro foi instituído pelas Nações Unidas como o Dia Mundial da Educação Ambiental. Educação ambiental consiste em uma série de ações que visam a conscientizar os cidadãos sobre a importância da preservação da natureza. Diversos estudos, como o divulgado em 2021 pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), reforçam que, quando incentivada desde a infância, ajuda a formar a consciência ambiental – fundamental para a garantia de um futuro mais sustentável para o planeta. Para contribuir positivamente com este cenário, na Grande Vitória, uma empresa de gerenciamento de resíduos promove ações de sustentabilidade com crianças de Cariacica.

Na visão da engenheira ambiental Laís Cavalcante, a data é um lembrete que destaca a importância de nos questionarmos diariamente sobre nossas práticas em prol do meio ambiente. “Quando a criança recebe estímulos de expansão de consciência ambiental, as chances dela se tornar um adulto consciente são bem maiores. Por isso, em nosso programa ‘Ciranda do Saber’, pautamos ações de cunho sustentável com objetivo de criar consciência ambiental nas crianças e adolescentes. Além disso, essas crianças difundem esses conhecimentos para suas casas, o que também ajuda a formar adultos. A educação ambiental deve ser trabalhada de forma lúdica, fazendo com que a disseminação de boas práticas seja diária e constante”, destaca a coordenadora do programa que é mantido pela Marca Ambiental.

Programa Ciranda do Saber incentiva o respeito às causas ambientais

A  ação Eco Aquarela, que faz parte do programa, promove atividades com crianças e adolescentes em Nova Rosa da Penha a fim de ensiná-las a valorizarem os recursos naturais. Para isso, as estimulam a produzir tintas com alimentos, temperos, produtos naturais e outros materiais orgânicos. “Nosso trabalho vai além das ações que promovemos. Por meio delas, eles também conseguem absorver conceitos de cidadania, respeito às causas ambientais do nosso maior bem que é a natureza. Uma criança que cuida do meio ambiente, se torna um adulto capaz de cuidar de tudo em sua volta, além de adquirir valores”, ressalta a engenheira.

Comentários

WordPress 0
DISQUS: 0
Justified Image Grid Plugin