Eco101 investirá R$ 45 milhões em novas obras de restauração do pavimento na BR-101/ES/BA

Eco101 investirá R$ 45 milhões em novas obras de restauração do pavimento na BR-101/ES/BA

As intervenções, que serão realizadas ao longo de 60 quilômetros do traçado de rodovia já existente, devem ser concluídas em 12 meses A Eco101

Maio Amarelo alerta sobre atitude de cada um frente aos riscos invisíveis nas vias
Usar o equipamento correto aumenta a eficiência na irrigação de viveiros
Quarentena trouxe desafios nos relacionamentos

As intervenções, que serão realizadas ao longo de 60 quilômetros do traçado de rodovia já existente, devem ser concluídas em 12 meses

A Eco101 inicia, neste mês de outubro, nova etapa de obras na BR 101-ES/BA em trechos compreendidos, entre os municípios de Viana e Alfredo Chaves (km 297 ao km 357). As intervenções, que compreenderão serviços de recuperação estrutural e restauração do pavimento, estão sendo realizadas em 60 quilômetros de rodovia no antigo traçado das pistas existentes, após a entrega dos novos trechos duplicados no segmento Sul da BR-101 (Viana a Guarapari).

As obras, que serão realizadas para garantir mais segurança e trafegabilidade, contemplam intervenções como fresagem, recomposição do pavimento, execução de reparos profundos, reciclagem de base, drenos de pavimento e microfresagem. Após realizadas as intervenções toda a extensão da pista receberá uma nova camada de asfalto.

De acordo com o coordenador de obras da Eco101, Guilherme Gonçalves, a Concessionária já realiza de forma rotineira a recuperação de trechos em que há um desgaste natural do pavimento. Entretanto, de forma mais ampla, com a realização das obras de duplicação no trecho Sul, agora será necessária a recuperação da antiga pista existente, intervenção essa que só pode ser realizada após a liberação do trecho que estava em obras e que hoje encontra-se disponível ao tráfego.

“Quando realizamos obras na rodovia os impactos são calculados para trazerem o menor desconforto possível para os motoristas. Por isso, é de extrema importância que as pessoas entendam que essas obras são necessárias, embora apresentem transtornos momentâneos, mas que, em médio e longo prazo, geram benefícios aos usuários, como melhores condições de trafegabilidade e da própria segurança viária”, ressaltou Guilherme.

INVESTIMENTOS

Além das obras de ampliação da Rodovia, a Concessionária atua constantemente na manutenção e recuperação da rodovia. Para a realização desta obra, a Concessionária investirá R$ 45 milhões, é e estimada a abertura de 100 frentes de trabalho.

As obras foram iniciadas em Viana (km 300), e até dezembro deste ano estarão concentradas no município, onde recentemente foram liberados quatro dispositivos pela Concessionária nos km: 298, 298,5, 302 e 305.

No primeiro semestre de 2021, as obras serão concentradas entre Viana (km305) e Guarapari (km335), restaurando assim a pista existente antes da duplicação recentemente liberada ao tráfego. Na sequência, serão realizadas intervenções entre os Guarapari (km 335) e Alfredo Chaves (km 357), tendo como previsão de término das obras o mês de outubro de 2021.

SUSTENTABILIDADE

Nestas restaurações, cerca de 20 quilômetros da Rodovia terão sua base recicladas, “in situ”. Nesta técnica, os equipamentos realizam uma nova mistura no local reaproveitando os materiais existentes na pista, sendo necessária adição de pequenas frações de outros materiais para melhorar sua capacidade de suporte. Desta forma, há menor extração de recursos naturais além de redução de impactos causados pelo transporte destes recursos.

Além disso, cerca de 6 quilômetros receberão intervenção de reparos profundos, onde há a substituição de todo material existente no pavimento. Nesta etapa, a Concessionária utilizará o Fresado Asfáltico Tratado com Cimento (FATC), que é uma mistura utilizando os resíduos oriundos do processo de fresagem de outros pontos da rodovia.

“Nestas obras aplicaremos também, em diversos pontos uma camada de rolamento utilizando uma mistura asfáltica inédita, com granulometria diferenciada e utilização de agregados especialmente desenvolvidos para este fim. Essa mistura utilizará Asfalto Modificado por Borracha e trará ainda mais conforto, segurança aos usuários da Rodovia.”, frisou Guilherme

Sobre a EcoRodovias

A EcoRodovias é uma das maiores empresas de infraestrutura rodoviária do Brasil e vem expandindo, ao longo dos últimos vinte anos, sua presença em corredores rodoviários de importação e exportação, bem como relevantes eixos turísticos do país. Atualmente, administra 10 concessões de rodovias, que somam mais de 3 mil quilômetros de extensão em oito estados nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste do país. A EcoRodovias é também vencedora do leilão que definiu a concessão do trecho norte do Rodoanel Mário Covas (SP-021), em São Paulo. Além disso, gerencia dois ativos logísticos – um pátio regulador e um terminal portuário – que atendem ao Porto de Santos, o maior do Brasil.

Comentários

WordPress 0
DISQUS: 0
Justified Image Grid Plugin