Empresas buscam instituição de ensino para preencher vagas na área de tecnologia

Empresas buscam instituição de ensino para preencher vagas na área de tecnologia

Em parceria com a Sankhya Gestão de Negócios, a FAESA Centro Universitário irá qualificar 20 estudantes da instituição para preenchimento de vagas na

Coco e oliva duas linhas veganas para todos os tipos de cabelo
Descarte incorreto de resíduos gera impactos negativos no solo
Cadastro Único: Atenção para o dia do atendimento

Em parceria com a Sankhya Gestão de Negócios, a FAESA Centro Universitário irá qualificar 20 estudantes da instituição para preenchimento de vagas na empresa

A área de tecnologia é uma das que mais cresce no Brasil e sobram vagas de emprego na área. Segundo relatório da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), o Brasil forma 46 mil pessoas com perfil tecnológico por ano, mas seriam necessárias 70 mil para atingir a necessidade do mercado. Logo, há um déficit de 24 mil formandos na área de Tecnologia da Informação (TI). Para driblar a escassez de mão de obra, empresas têm buscado talentos ainda na faculdade como alternativa para preenchimento qualificado das vagas.

É o caso da Sankhya Gestão de Negócios, empresa de ERP, que pelo segundo ano consecutivo participa do projeto Radar de Talentos, promovido pela FAESA Centro Universitário. O programa é uma das portas de entrada para o mercado captar os talentos do Centro Universitário, que tenham formação específica em sua área de atuação. As empresas oferecem treinamento especializado para os alunos e egressos da instituição e depois escolhem os seus futuros profissionais. Nesta edição, a Sankhya ofertará 20 vagas para o curso EAD de Capacitação no Sistema de Soluções Integradas de Gestão Corporativa (ERP) na plataforma da Universidade Corporativa Sankhya, com foco em Analista de Implantação.

O diretor da unidade da Sankhya no Espírito Santo, Renato William, explica que a iniciativa é uma forma de garantir o preenchimento das vagas abertas e captar talentos. “Programas como o Radar de Talentos são excelentes métodos de qualificação e captação de profissionais. As faculdades são ambientes onde estão grandes talentos e por meio de programas assim temos a oportunidade de capacitar jovens que sabemos que já estão cursando uma formação de qualidade e podem se tornar profissionais promissores. É uma forma de fortalecer o mercado, pois mesmo os que não forem contratados imediatamente, terão os cursos como diferencial competitivo e estarão prontos para atuar em diversas empresas, já que é tão difícil encontrar mão de obra qualificada, sobretudo no setor de tecnologia”, conclui.

Podem participar da seleção para o Radar de Talentos em parceria com a Sankhya, os alunos dos cursos graduação em Administração, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Ciência da Computação, Ciências Contábeis, Engenharia Ambiental, Engenharia da Computação, Engenharia de Produção, Engenharia Química, Gestão Comercial, Gestão Financeira, Jogos Digitais, Logística, Processos Gerenciais, Redes de Computadores, Sistemas de Informação, e dos cursos de pós-graduação em Data Science, MBA em Controladoria e Finanças e MBA em Gerenciamento de Projetos. O curso de capacitação de sistema de gestão (ERP) da Sankhya, acontece a partir de 14/06/2021 e terá duração de 45 dias, com toda a formação em formato digital. Ao final, haverá uma avaliação prática classificatória e todos os aprovados receberão certificado. Dois dos alunos com melhor desempenho preencherão as vagas de Analista de Implantação na empresa.

Coordenado pelo Mov.ie – Movimento de Inovação e Empreendedorismo da FAESA, o Radar de Talentos foi criado com o objetivo de promover qualificação e empregabilidade para os alunos e egressos da instituição. “O Radar de Talentos surgiu da necessidade de aproximar as empresas dos talentos que estão no ensino superior. A qualificação é ofertada de forma gratuita pela empresa para os estudantes selecionados e todos são beneficiados com o projeto: as empresas, que têm a oportunidade de encontrar talentos; os estudantes, que recebem atualização no que há de mais moderno em sua área de formação e ainda têm a chance de serem contratados; e desse modo a FAESA, que contribui com a empregabilidade dos seus alunos e estreita a relação da academia com o mercado”, explica Sarah Ávila Ramos,  gestora do Mov.ie FAESA.

Comentários

WordPress 0
DISQUS: 0
Justified Image Grid Plugin