Fundador da primeira banda de Congo Mirim do ES é o homenageado da 5ª edição do Festival Torta Black

Fundador da primeira banda de Congo Mirim do ES é o homenageado da 5ª edição do Festival Torta Black

Mestre Zé Bento recebe o troféu de homenagem no dia 05 de março, abertura do evento dedicado à cultura negra do Espírito Santo Como acontece em todas

Novo Centro de Prevenção e Especialidades em Vila Velha
Pedagoga alerta sobre a importância da prevenção e tratamento precoce do Alzheimer, doença que deve quadruplicar os casos até 2050
2ª Mostra Sesc de Cinema: Etapa Estadual a partir de sábado (29)

Mestre Zé Bento recebe o troféu de homenagem no dia 05 de março, abertura do evento dedicado à cultura negra do Espírito Santo

Como acontece em todas as edições, o Festival Torta Black já tem um expoente da cultura negra capixaba para ser homenageado durante a sua quinta edição, que acontece nos dias 05 e 06 de março, através do YouTube. O nome da vez é Mestre Zé Bento, fundador da primeira banda de congo mirim do Espírito Santo, que receberá um troféu personalizado por sua contribuição ao cenário cultural capixaba logo no primeiro dia do festival.

Nascido em Nova Almeida, na Serra, em 1º de fevereiro de 1948, foi iniciado no Congo aos 4 anos de idade pelo tio, Mestre Manoel Ramos, ingressou na banda de São Benedito e São Sebastião aos 8 anos, permanecendo como mestre da Banda por mais de 40 anos.

É responsável pela organização da festa do mesmo nome, que hoje faz parte do Calendário Cultural do Estado, reunindo cerca de 20 mil pessoas por ano, em Nova Almeida. Ele também é o nome por trás da criação da primeira Banda de Congo Mirim do ES “União Jovem dos Reis Magos”. O mestre desenvolveu uma didática própria para o ensino do Congo para crianças.

Comentários

WordPress 0
DISQUS: 0
Justified Image Grid Plugin