Prazo maior para incentivo fiscal a novos projetos do setor automotivo

Prazo maior para incentivo fiscal a novos projetos do setor automotivo

As empresas automotivas instaladas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil terão até o dia 31 de agosto para obter crédito presumido do I

Obras de artistas cachoeirenses passam a decorar sede administrativa da Unimed Sul
Psicopedagoga ensina inteligência emocional para garantir boa nota em Medicina no Enem
​​BRK Ambiental debate conscientização ambiental com gestores e pedagogos da Educação Infantil

As empresas automotivas instaladas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil terão até o dia 31 de agosto para obter crédito presumido do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) em projetos que resultem em produtos ou modelos novos. Isso foi possível graças a Medida Provisória (MP) 987/20, editada pelo governo federal.

Mas, devido ao atual cenário de pandemia, o deputado federal Sergio Vidigal apresentou uma emenda para ampliar a data para 31 de dezembro. Segundo o parlamentar, a alteração beneficiará montadoras e fabricantes de automóveis, jipes, motos, caminhões, ônibus, tratores, colheitadeiras, empilhadeiras, carroçarias, reboques e autopeças.

“É preciso prorrogar esse prazo a fim de permitir a adequação deles ao novo cenário.É necessário estarmos sincronizados às novas tecnologias que surgem nos países mais desenvolvidos, sem estarmos sempre a atrás do que já é realidade no exterior. Sendo assim, estamos propondo mudar esse quadro e criar um incentivo adicional para a produção de veículos elétricos no Brasil por meio da majoração dos multiplicadores do crédito”, comentou.

A MP será submetida à votação do Plenário da Câmara dos Deputados e no Senado Federal.Caso seja aprovada, seguirá para sanção presidencial.

Comentários

WordPress 0
DISQUS:
Justified Image Grid Plugin