Segurança promove ação para coibir realização de festa clandestina na capital

Segurança promove ação para coibir realização de festa clandestina na capital

Uma ação integrada de fiscalização para coibir aglomerações, tumultos e a possível realização de uma festa clandestina. É este o trabalho que, desde a

Serra vai ganhar casa do produtor a partir de recurso de Vidigal
Pele e cabelos em harmonia no verão. Especialistas dão dicas para renovar a nécessaire de verão
Prazo maior para incentivo fiscal a novos projetos do setor automotivo

Uma ação integrada de fiscalização para coibir aglomerações, tumultos e a possível realização de uma festa clandestina. É este o trabalho que, desde as 14h deste sábado, está sendo realizado por agentes da Guarda Civil Municipal Comunitária, agentes da Guarda de Trânsito, fiscais da postura e do disk silêncio, a fim de garantir mais tranquilidade e segurança à população.

A iniciativa da Secretaria Municipal de Segurança Urbana da capital (Semsu) conta ainda com a presença do prefeito, Lorenzo Pazolini que frisou a necessidade de um choque de ordem para combater também a ocupação do local de maneira irregular, formação de blocos clandestinos, a realização de bailes ilegais, como o baile do Mandela o consumo de drogas, consumo de bebidas por menores e até mesmo a prática de atos sexuais em via pública.

“Infelizmente é fácil encontrar notícias em um passado bem recente de desordem nesta região onde estamos agora. É preciso um firme choque de gestão para a reordenação do solo urbano e também enfrentamento da violência”, disse o prefeito.

De acordo com o secretário responsável pela SEMSU, Ícaro Ruginski, a ação  foi motivada, em parte, por denúncias da população, bem como pela necessidade de se evitar a formação de aglomerações e tumultos para impedir também a disseminação do coronavírus em meio ao atual período de pandemia.

“A Secretaria (Semus) já vem realizando esse tipo de blitz como forma de prevenção e fiscalização. Além da pandemia, vale lembrar que em outros anos, a Praia do Canto já sofreu com a realização de festas clandestinas em período de Carnaval, que reuniram milhares de pessoas sem a menor estrutura, e as consequências foram terríveis”, ressaltou o secretário.

“Hoje nossa ação está abordando as pessoas, realizando uma conscientização e orientando os estabelecimentos a adotarem medidas adequadas ao atual momento”, completou.

Ações de segurança no trânsito também estão sendo realizadas no local.

Comitê contra o coronavírus

Recentemente, a Prefeitura criou o Comitê contra a Covid-19 que envolve, além da Semsu, a Secretaria de Desenvolvimento da Cidade (Sedec), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Vitória (Semmam), a Guarda Municipal, a Vigilância Sanitária, a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. A intenção é orientar, fiscalizar e combater ações que possam colocar a coletividade em risco e comprometer o enfrentamento da pandemia.

Abordagens como a de hoje serão realizadas permanentemente e reforçadas ao longo de todo o período de Carnaval com equipes em pontos estratégicos da cidade.

A Prefeitura informa que, por meio do Comitê, vai notificar, previamente, os representantes de todos os blocos de carnaval do município para que não haja nenhuma manifestação nos próximos dias de carnaval.

É importante que os munícipes continuem colaborando para que este período delicado, que demanda distanciamento e cuidados, seja superado.

Comentários

WordPress 0
DISQUS: 0
Justified Image Grid Plugin